Mulherzinhas e Mulherões



Você provavelmente conhece várias mulherzinhas e alguns mulherões  mas não muitas, porque elas são consideravelmente difícieis de se achar.
Tentarei defini-las:

MULHERZINHAS




-        Acham que ser bonita e gostosa basta;
-        Gostam de manipular e de brincar de joguinhos de conquista;
-        Precisam apelar para ser percebida pelos artifícios físicos -  e exageram em todos eles: colocam decote, silicone, botox, mini-saia, chapinha e maquiagem em excesso;
-        São neuroticamente ciumentas, porque não confiam no próprio taco;
-        Não refletem sobre o que querem da vida – e quebram a cabeça sempre com os mesmos erros;
-        Acham que o homem tem que fazer 90% do trabalho no sexo (já que elas já têm a obrigação de se manter gostosa);
-        Não atendem o telefone pra se fazerem de difícil e dispensam convites para parecerem ocupadas;
-        Seu lugar preferido no mundo são as baladas – já que elas não conseguem segurar a onda de ficar sozinha um pouco, precisam sempre de gente pra tampar o vazio interno;


-        Fazem você parecer um chato quando quer discutir sobre um filme, um livro, música ou qualquer coisa que fuja do assunto: academia/novela/balada.
-        Falam muito e fazem pouco – da hora do vamos ver tem muitos pudores e pouca atitude;
-        Não valorizam quem gosta delas de verdade e sempre procuram os cafajestes;
-        Não têm opinião própria – funcionam sempre na base do “você que sabe”, “tanto faz”.
-        Têm poucas ou nenhum ambição na vida;
-        Reparam mais no carro do que em quem está dentro;
-        Reparam mais na roupa do que em que a está vestindo.
-        Se intitulam livres, mas vivem aprisionadas em uma exterioridade plástica e artificial;


MULHERÕES 



-        Não precisam se exibir com decotes extremos e afins porque sabem do seu potencial (e assim chamam atenção dos homens que reparam em “algo mais”)
-        Entendem que charme vale mais do que qualquer artifício;
-        Têm atitude: se estiverem afim, vão ligar. Se quiserem transar, vão transar. Sem medo de rótulos que podem receber;
-        Valorizam a si mesmo antes de qualquer outra pessoa;
-        Sabem reconhecer que um bom vinho e uma boa companhia valem mais que qualquer balada;
-        Sabem que é muito melhor “escolher” do que “ser escolhida”;
-        Sabem que é muito melhor um corpo com defeitos, porém natural, do que um moldado e totalmente plástico;
-       Reconhecem que os pequenos gestos que valem mais do que presentes;


-        Têm consciência do efeito de encantamento que produzem nas pessoas;
-        Conseguem se arrumar pra sair em menos de meia hora;
-        Não entram no joguinhos de conquista porque não estão interessadas em pessoas que ainda gostam desse tipo de brincadeira.
-        Sempre surpreendem no sexo – sabem muito mais do que aparentam saber;
-        São realizadas no sexo porque dizem o que e como gostam;
-        Não se sentem ofendidas em pagar a conta e entendem que isso é um ato de gentileza como qualquer outro;
-        Não têm frescuras: topam viajar pra lugares onde não poderão usar chapinha, valorizam um bom buteco, não fazem escânda-lo por causa de um insetinho 1000 vezes menor que ela.
E você, concorda com a lista?

Um comentário:

Blog Archive

Tecnologia do Blogger.

Um blog inspirado nos noivinhos mais apaixonados: Menarle & Aline. Muito obrigada pela sua visita, comente, compartilhe, Use&Abuse!

Search

Carregando...

Top 10 (:

Seguidores