Um amor chamado “Platônico”

É comum pessoas sentirem admiração por atores, cantores(as), professores (principalmente) ou qualquer outra pessoa que dificilmente sentirá o mesmo. Mas, e quando esse amor passa dos limites, oque fazer ? Devemos tomar muito cuidado! Pois quando isso acontece, é muito difícil desencanar da pessoa “amada”. Veja os sinais:


1 – Fisgada
Você vê um menino pela primeira vez e, de repente, só pensa nele. Mas mesmo um desconhecido? Sim! Escolher um cara impossível é, de certa forma, estimulante: você não sabe nada sobre ele, mas imagina que seja incrível. Ao mesmo tempo, ficar a fim de um garoto assim serve como um escudo para a menina que se sente insegura com sua aparência, tem medo de se relacionar ou de namorar. Nesses casos, é bem mais fácil gostar de alguém inalcançável. Pois é: o amor platônico acaba sendo uma fuga para algumas garotas sem que elas saibam.

2 - Falta de ar
Os pensamentos se tornam quase obsessivos e tudo o que você vê lembra o garoto. Toda história de amor platônico tem um quê de impossível, o que só aumenta a fixação: o garoto é de outra escola, mora em outra cidade, vocês só se viram uma vez, ele é famoso...

3 – Só na sua cabeça
Se o motivo da sua paixão platônica vive por perto você vai, em algum momento, sentir a necessidade de se fazer notada. Mas poucas meninas têm a coragem de se aproximar, já que o menino perfeito só existe na cabeça dela. E dá um baita medo descobrir que o cara não é tão sensacional assim.

4 – Começo do fim
Sem conseguir se aproximar do menino ou fazer a história evoluir, é normal começar a desencanar desse amor. Claro que sempre resta aquela esperança do "e se desse certo", que motiva muitas a continuarem cultuando fotografias, o símbolo do time dele, a marca que ele mais gosta, o papel do chiclete que ele jogou no chão...

5 – The end
Esse é o destino natural de todos os amores platônicos saudáveis. Ele simplesmente passa com a mesma velocidade e ausência de explicações com que chegou. E, antes que perceba, a menina já está paquerando outros!

Amor platônico identificado. Mas e agora, oque fazer ?
O mais importante de tudo é você parar e pensar: vale a pena eu estar sofrendo por alguém que não pode ser capaz de corresponder o meu amor?
Com o tempo vc vai acabar usando mais o pensamento da razão do que da paixão. Sofrer também cansa...esperar muito mais...
Todos já viveram um amor (prefiro dizer paixão) platônica ou vão viver....mas a maioria das histórias nunca tem no final o desfecho que tanto sonhamos viver com aquele ser que passamos a gostar. Pode ter certeza: quando o tempo acaba com a ilusão, superamos mais rápido o sofrimento.

0 comentários !:

Tecnologia do Blogger.

Um blog inspirado nos noivinhos mais apaixonados: Menarle & Aline. Muito obrigada pela sua visita, comente, compartilhe, Use&Abuse!

Search

Carregando...

Top 10 (:

Seguidores