Uma música especial

Gente, esses dias atrás eu estava lembrando da primeira vez que vi meu amado. Foi como se não existisse mais nada nem ninguém ao nosso redor, além de nós. Com certeza, muitas pessoas que estão acompanhando o blog, já se apaixonaram e sabem do que estou falando.


É como se uma alegria imensa entrasse em nosso coração e desse uma razão para nossa vida.

E quando estava nesse pensamento profundo de lembranças muiiito boas, também me recordei da primeira música que ele cantou pra mim. Foi de um jeito tão simples, mas tão carinhoso e especial, que nunca me esqueci. Na verdade, nunca havia escutado a música que ele cantou, mas depois de ouvi-la cantada por ele, simplesmente adorei a música, pois ela me fez esquecer de todos os meus problemas, e ver o quanto ele seria especial em minha vida.

Até hoje ele ainda canta essa música para mim, do mesmo jeito... Só que parece, que a primeira vez foi muito mais especial, muito mais “romântica”. Talvez vocês até conheçam a música, vejam só:

“Essa não é mais uma carta de amor
São pensamentos soltos
Traduzidos em palavras
Prá que você possa entender
O que eu também não entendo...
Amar não é ter que ter
Sempre certeza
É aceitar que ninguém
É perfeito prá ninguém
É poder ser você mesmo
E não precisar fingir
É tentar esquecer
E não conseguir fugir, fugir...
Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém
É por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito
Mas com você eu posso ser
Até eu mesmo
Que você vai entender...
Posso brincar de descobrir
Desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos
E até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você
Eu tô tranquilo, tranquilo...
Agora o que vamos fazer
Eu também não sei
Afinal, será que amar
É mesmo tudo?
Se isso não é amor
O que mais pode ser?
Tô aprendendo também...
Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém
É por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito
Mas com você eu posso ser
Até eu mesmo
Que você vai entender...
Posso brincar de descobrir
Desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos
E até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você
Eu tô tranquilo, tranquilo...
Agora o que vamos fazer?
Eu também não sei!
Afinal, será que amar
É mesmo tudo?
Se isso não é amor
O que mais pode ser?
Estou aprendendo também...”


Definitivamente LINDA demais, não acham ?
Só meu amor pra me levar ao céu dessa maneira... ;D

ATÉ A PRÓXIMA.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.

Um blog inspirado nos noivinhos mais apaixonados: Menarle & Aline. Muito obrigada pela sua visita, comente, compartilhe, Use&Abuse!

Search

Carregando...

Top 10 (:

Seguidores